id="news"-->
Governo reduz previsão e salário mínimo pode ficar abaixo de 1.000 reais
em 06-06-2018 12:30:00 (137 leituras)

A estimativa para o salário mínimo em 2019, feita em abril pelo governo, foi reduzida de 1.002 reais para 998 reais. A informação consta de nota técnica da Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional que analisa o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentária para 2019. Em 2019, a fórmula atual de reajuste será aplicada pela última vez. Pela regra, o mínimo deve ser corrigido pela inflação do ano anterior medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) mais a variação do produto interno bruto (PIB, soma dos bens e dos serviços produzidos no país) de dois anos anteriores.



Assim, o salário mínimo de 2019 deve ser corrigido pelo INPC de 2018 e terá aumento real equivalente à taxa de crescimento do PIB em 2017.

Em abril, o governo tinha apresentado uma estimativa de que o salário que ultrapassaria pela primeira vez a barreira de 1.000 reais. O governo propôs salário mínimo de 1.002 reais para o próximo ano, o que representaria alta de 5% em relação ao atual (954 reais). No entanto, esse valor foi revisto e agora está em 998 reais, alta de 4,61% em relação ao salário atual.

Em 2017, o reajuste do salário mínimo ficou abaixo da inflação, que foi de 2,07% em 2017, segundo o INPC. Se a regra tivesse sido aplicada, o mínimo deveria ter subido para 956 reais, e não para 954 rais.

O Ministério do Planejamento informa que a diferença de 1,78 real será compensada no reajuste do salário mínimo de 2019.




Fonte Agência Brasil 

Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo