id="news"-->
Vice-Prefeito de Bayeux tem mandato cassado
em 05-04-2018 07:29:22 (156 leituras)

Vice é acusado de ter supostamente cobrado propina objetivando divulgar um vídeo em que Berg Lima foi flagrado, também supostamente, cobrando propina
O vice-prefeito de Bayeux, Luiz Antônio (PSDB), teve o mandato cassado na noite desta quarta-feira (4) pela Câmara Municipal, tendo 12 votos pela perda do mandato e cinco pela manutenção. A sessão que teve início às 9h se encerrou às 21h. Após o processo de votação, o presidente da Casa Legislativa, Adriano do Táxi, solicitou o encaminhamento da ata à Justiça Eleitoral e a Luiz Antônio.



O vice-prefeito de Bayeux é acusado de ter supostamente cobrado propina ao empresário Ramon Acioly para pagar blogs e empresas de comunicação, objetivando divulgar um vídeo em que o prefeito afastado, Berg Lima, foi flagrado, também supostamente, cobrando propina a um fornecedor do Município para liberar pagamentos atrasados da gestão anterior.

Luiz Antônio já estava afastado das funções de vice-prefeito e prefeito interino devido a uma decisão do desembargador Arnóbio Alves Teodósio, que determinou a suspensão do exercício da função pública por um prazo de 180 dias.

O advogado Fábio Andrade, que fez a defesa do vice-prefeito, disse que os vereadores não poderiam e não deveriam ter cassado Luiz Antônio, pois não existiu quebra da dignidade do decoro do cargo, como afirmava o relatório elaborado pela Comissão Processante.

“Os senhores não deveriam e nem poderiam cassar Luiz Antônio porque em momento algum durante a conversa com o empresário Ramon Acioly o vice-prefeito prometeu algo. Em momento algum o empresário foi beneficiado, mesmo depois que Luiz Antônio assumiu a administração”, disse Andrade.

A defesa de Luiz Antônio vai recorrer da decisão tomada pelos vereadores.








Fonte *Texto de André Gomes, do Jornal Correio da Paraíba

Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo