id="news"-->
Candidatos reprovados tentam impugnar, mas eleição para Conselho Tutelar segue normalmente
em 04-10-2015 06:25:41 (233 leituras)

Mais dois agravos de instrumento e um mandado de segurança foram rejeitados nas últimas horas pela Justiça na Paraíba e o 'Processo de Escolha Unificado para Membros do Conselho Tutelar' no município de João Pessoa está mantido e a eleição para a escolha dos novos conselheiros tutelares na capital está ocorrendo normalmente até as 17h deste domingo (4).                                                                                                                                                                                                                                                  



 

“Neste sábado (3), foram três tentativas de alguns candidatos reprovados em suspender o pleito, mas todas elas foram negadas pela Justiça”,informa a promotora de Justiça Soraya Escorel, coordenadora do Centro de Apoio  Operacional às Promotorias de Justiça (Caop) de Defesa da Criança e do Adolescente, do Ministério Público da Paraíba (MPPB).

 

“Vamos adiante e estamos realizando esta eleição unificada tão especial. A vitória do que é sério e justo prevaleceu”.


Nas três últimas tentativas para tentar interromper o pleito, o juiz Marcial Ferraz rejeitou o mandado de segurança. Da mesma forma, os desembargadores Aurélio Cruz e Oswaldo Trigueiro do Valle Filho rejeitaram pedidos para anular a prova de conhecimento aplicada aos pré-candidatos e suspender as eleições.

 

Prevista para acontecer em todo o Brasil, neste domingo (4), a eleição para conselheiros tutelares na cidade de João Pessoa define 35 conselheiros para sete regiões do município. O pleito acontece neste domingo (4) a partir das 9h e conta com a participação de 46 candidatos, que disputam por lugares no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA).

A escolha dos novos conselheiros da Capital conta com 60 locais de votação e 142 urnas de lona para votação através de cédulas eleitorais, conforme a deliberação do TRE. Para votar, o eleitor deve procurar sua sessão eleitoral tradicional munido do título e um documento com foto. João Pessoa tem hoje em torno de 480 mil eleitores aptos a votar, conforme os dados oficiais.


WSCOM Online

Página de impressão amigável Enviar esta história par aum amigo Criar um arquvo PDF do artigo